Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Para Jantar e Marmitar

Ideias simples para jantar e levar na marmita no dia seguinte

Risotto de Cogumelos e Bacon

Tudo começo, quando em Abril do ano passado a Nervoso Miudinho veio à minha cozinha, e desde aí nunca mais parei de fazer risotto. Fazia-o à minha maneira, sem nunca ter provado outro - nem melhor, nem pior, é uma vantagem - cá por casa todos gostavam e as peripécias à volta do risotto se amontoaram. Foi o Mulo que gostava e não gostava, mas não conseguia parar de comer. Foi a minha mãe a gozar com a consistência do mesmo. Toda a gente gozava, mas toda a gente rapava o tacho e lambia os dedos. Quando na minha lua-de-mel estive em Milão, comi alguns risottos por lá e permitiu-me evoluir, essencialmente na quantidade de queijo a acrescentar. Hoje em dia, acho que faço um bom risotto. Este que vos vou apresentar é com bacon, também já fiz com frango e ficou igualmente bom. No caso do frango, devem apenas cortar o frango em tiras muito finas, de resto, o procedimento é igual, mas precisarão de mais caldo.

 

Risotto de Cogumelos e Bacon

(4 pessoas)

1484055722254.jpg

 

 

Ingredientes:

  • 1 Cebola
  • 2 Caldos de cogumelos ou meia embalagem de sopa de cebola de cogumelos selvagens
  • Arroz para risotto (ver medida da embalagem)
  • Cogumelos q.b. (gosto de misturar brancos com marrom)
  • Bacon q.b.
  • 1,5 copo de vinho branco
  • Queijo parmesão ralado (uso parmellano em pó que é mais barato)
  • Azeite q.b.

Preparação:

  1. Lavar bem os cogumelos e cortar em pedaços finos.
  2. Refogar a cebola num fio de azeite.
  3. Adicionar o arroz, regar com o vinho branco e mexer até o arroz absorver o líquido.
  4. Juntar os cogumelos e o bacon em lume médio e mexer bem.
  5. Dissolver os caldos de cogumelos ou a meia embalagem de sopa de cogumelos selvagens num litro de água a ferver e acrescentar aos poucos ao arroz.
    IMPORTANTE: só à medida que vai absorvendo a água com caldo é que se pode adicionar mais, Não se deve parar de mexer para que o risotto não agarre ao fundo, uma vez que é cozinhado é pouca água.
  6. No final, para ficar brilhante, colocar um pequeno cubo de manteiga, e o queijo.

 

Bom apetite!

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.